Abas e sub Abas

 

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Pensamentos de uma lady.....

Bom dia Lady`s

Olho muitas vezes para o espelho e tenho dificuldade em aceitar que aquela que vejo refletida sou eu.....é uma sensação estranha parece que ainda há tão pouco tempo olhava para o mesmo espelho e a imagem que refletia era outra.... Quem me conhece diz que estou na mesma que os anos por mim não passam ....mas porque me enganam será que a  nossa memória visual  é como a dos animais muda com idade por exemplo o elefante tem uma  visão que é boa em pouca luz mas mas reduzida na claridade....a uma distancia de 40cm....  Uma espécie de foto grey....

Sempre me considerei com uma boa genética, e a minha alegria interior e o fato de me cuidar, têm facilitado quando me olho ao espelho....mas a entrada nos 50 alguma coisa mudou e comecei a notar pequenas diferenças na pele do rosto e corpo....

Estarei eu  ou serão os outros a criar uma ilusão Optica?
Ou será a minha vontade de que os anos que passam não deixem ver tantas diferenças no espelho?
Não .... As diferenças existem sim, mas serão assim tão importantes?




Vejo o tempo a ficar cada vez mais escasso, e preciso saber o que realmente importa....é preciso seleccionar, mas seleccionar implica decidir, e mantenho me no mesmo impasse....

Sei que a primeira a mudar tenho que ser eu, e até consigo ser determinada nas minhas acções mas neste momento em frente ao espelho perco a iniciativa....
Mas tenho que mudar alguma coisa devo isso a mim própria depois de todos estes anos. O mundo muda a cada minúscula mudança, que conseguimos gerar em nós  ou que incentivamos nos outros.....
Mas incentivar os outros é um pouco mais fácil.....

Muitas vezes acho que posso mudar o mundo outras acho que basta ser eu a mudar.... Mas se a primeira é impossível a segunda também não é fácil porque querendo me mudar tenho atitudes tão fortes tão definidas que me deixam frustrada....pelo que já vivi, vi e experimentei, pelo que fui e pelo que fiz....
Mas estou eu para aqui estúpida a olhar para este espelho, a querer ver o que o futuro me promete, feita tola a pensar idiotices que me tiram o sono....

Em tantas caminhadas pela vida alimentei sempre a certeza de que nunca me sentiria "velha" e agora de frente ao espelho fico triste por me dar ao trabalho sequer de olhar para o espelho.... De ele me mostrar a minha figura reflectida.... 
Mas fico contente ele não mostra o que me vai na alma.... E é por este motivo que agora olhando para ele, decido começar ....
 Não de mudar o mundo ( isso posso deixar para mais tarde) mas incentivada pela minha juventude tipicamente rebelde assumo os meus 52 anos e tudo que trago de arrasto.....sabedoria, alegria, duvidas também que tirarei ao longo dos anos que viverei, mas principalmente aquilo que me proponho acreditar....
Obrigada , obrigada.....